Logo Agile SchoolLogo Agile School
Logo Agile SchoolLogo Agile School
0
R$0.00 0 item

Nenhum produto no carrinho.

Liderança: habilidade que todo Agilista deve ter

O papel do agilista é direcionar e apoiar a equipe ágil em direção a entrega de valor. Mas calma, tire da cabeça aquele estereótipo que ser líder é sobre dar ordens e gerenciar tarefas. A liderança na agilidade é sobre influenciar e potencializar pessoas para alcançar os objetivos gerais e também pessoais. 

Neste artigo, discutiremos algumas maneiras de se tornar um líder efetivo sob a ótica dos princípios ágeis e progredir em sua carreira agilista. Vem comigo!

Seja um modelo a ser seguido

Seja você um agilista ou postulante a agilista, é importante lembrar que sua equipe está observando suas ações e comportamentos. Se deseja uma equipe proativa, engajada e responsável, você precisa ser um exemplo disso.

Parece óbvio, mas certifique-se:

- Que suas ações estão alinhadas com os valores que deseja promover.

- Que você está fazendo o que espera que eles façam.

Se você quer que sua equipe seja pontual em suas entregas, você precisa ser pontual em suas reuniões e compromissos. Se você quer que sua equipe se comunique de forma clara e efetiva, você precisa mostrar como fazer. Se quer que eles sejam responsáveis e assumam seus erros, faça primeiro, seja o modelo.

Desenvolva um relacionamento com sua equipe

Liderança também é convivência. Para liderar efetivamente, você precisa conhecer cada um de forma individual e como eles preferem ser liderados. Isso ajudará você a entender como motivá-los e como lidar com desafios quando surgirem.

Além disso, construir um convívio forte com sua equipe ágil criará confiança e ajudará as pessoas a serem mais transparentes e verdadeiras. Colaboradores que não confiam nos líderes Agilistas vão esconder e até mentir sobre os acontecimentos.

Seja um facilitador

Como agilista, você não é o chefe/gerente da equipe, mas deve ser um líder facilitador. Sua função é ajudar a equipe a alcançar seus objetivos, removendo impedimentos e facilitando a comunicação entre eles e todos os envolvidos. Você deve estar disposto a ouvir as opiniões e perspectivas da equipe, garantir que todos estão sendo ouvidos e tomar decisões em conjunto.

Ao fazer isso, está promovendo um ambiente de trabalho colaborativo e inspirando a equipe ágil a se auto-organizar para alcançar suas metas.

Se comunique de forma clara

É importante comunicar os objetivos e expectativas da empresa quanto às pessoas de forma concreta. Certifique-se de que sua equipe entenda o que é esperado deles e que você esteja sempre disponível para responder a perguntas e esclarecer dúvidas. Além disso, garanta que sua equipe tenha as informações necessárias para realizar seu trabalho de forma efetiva. Isso inclui fornecer atualizações regulares sobre o progresso do produto/projeto e compartilhar informações relevantes com a equipe.

Seja um líder servidor

O conceito de liderança servidora foi criado por Robert Greenleaf na década de 1970. Ele acreditava que a liderança deveria ser vista como um serviço, com o líder colocando as necessidades da equipe em primeiro lugar. Mas tenha muita atenção. Para que isso funcione, você deve ter observado os outros passos acima.

O agilista que é um exemplo, desenvolveu um bom relacionamento com as pessoas e comunicou claramente os objetivos e expectativas. Ao ser um líder servidor, você está demonstrando que você se preocupa com o sucesso de sua equipe ágil. Não priorizando apenas o sucesso pessoal.

A equipe e não apenas com o sucesso pessoal. Isso ajudará a criar um ambiente de trabalho positivo e colaborativo, onde todos os membros da equipe se sentem valorizados e apoiados.

Se algo fugir ao controle, tome a frente

Esse ponto deve ser muito bem esclarecido. Algumas pessoas confundem as características do agilista de facilitador ou líder servidor com uma postura passiva e leniente. Nada poderia estar mais errado! O agilista assume a frente quando a auto-organização não funciona, seja no contato externo ou internamente na equipe.

A liberdade e autonomia servem a um propósito, mas não permita que isso seja mal usado pelas pessoas e leve a resultados indesejados. No fim do dia, o agilista permanece responsável pelo resultado final. Ou seja, não deixe as coisas saírem do controle, tome a frente.

Esteja disposto a aprender

Ser um líder efetivo não é algo que se aprende da noite para o dia, é um processo contínuo que contém erros e acertos. Seja humilde em Esteja disposto a aprender com suas falhas e a receber feedback da própria equipe. Busque oportunidades de desenvolvimento pessoal e profissional, como treinamentos e workshops.

E também esteja aberto a compartilhar e aprender com outros líderes e mentores em sua empresa, capítulo ou na comunidade de Agilistas. Liderar não é uma ciência exata, todos nós iremos errar, pode se acostumar com isso.

Conclusão

Na minha opinião, liderança é uma das habilidades mais fundamentais que o agilista pode ter. Não é uma tarefa simples, requer navegar na incerteza dos relacionamentos humanos.

Seja o exemplo e influencie a sua equipe. Portanto, não tenha medo de errar, pois isso é inerente ao processo de liderança. Se esforce para se tornar um mentor para sua equipe, compartilhe conhecimento e explore novas formas de desenvolver sua liderança para que você possa se tornar um líder melhor.

Seja sempre responsável por suas ações, não só por sua equipe, mas também por outros líderes e mentores. Seja um líder que inspira, que motiva, que enxerga oportunidades e que, acima de tudo, acredita no poder da colaboração. Rumo ao mais alto nível de responsabilidade, colaboração e efetividade na entrega de valor. Isso é ser um verdadeiro agilista.

E claro, se você quer aprender na prática cada uma dessas habilidades, não deixe de se inscrever em nossa turma de PAL-E. Garanta agora mesmo a sua vaga e não perca a oportunidade de alavancar sua carreira agilista!

menu