Logo Agile SchoolLogo Agile School
Logo Agile SchoolLogo Agile School
0
R$0.00 0 item

Nenhum produto no carrinho.

As principais características de um líder ágil

Por Rodrigo Pinto

Sempre vemos uma galera nos perguntando sobre liderança ágil, como ser um bom ou boa líder, qual o papel da liderança ágil no dia a dia e etc. Infelizmente, esse significado não está no dicionário de forma simples, mas diferentes autores já explicaram e deram suas visões sobre o assunto.

Neste artigo, eu vou trazer um pouco da minha visão e vivência sobre o tema e as principais características que um líder deve ter. Confira:

1. Estabelecer um propósito claro

Na agilidade sempre focamos em desenvolver a auto-organização das pessoas, mas não tem como um time seguir essa cultura sem ter um alinhamento. Ou seja, sem estabelecer um objetivo claro, será cada vez mais difícil alcançar a auto-organização e a cultura de agilidade dentro do seu time.

Por isso, essa definição é tão importante para o líder ágil, pois é esse papel que irá direcionar e alinhar com o time os principais objetivos que precisam ser alcançados por todas as pessoas. Desta forma, junto com as habilidades de cada um, a auto organização acaba se tornando natural entre todos os membros da equipe.

“As somas das nossas capacidades é que vão trazer os resultados.”

Principais ferramentas para esclarecer objetivos

Existem diferentes ferramentas que podem ser usadas para determinar os objetivos de uma equipe e de uma empresa. Um dos métodos mais utilizados recentemente são os OKRs.

A ferramenta de OKRs é antiga, entretanto ela vem se popularizando atualmente, juntamente com diversos métodos ágeis. Com ela, é possível criar um fluxo de demandas para alcançar o principal objetivo da empresa como um todo.

Com suas características e seu passo a passo, sua empresa ou seu time podem trazer grandes resultados como, aumentar a produtividade, ter uma melhor gestão de crise, ter times autogerenciáveis, melhorar a colaboração e, consequentemente, ter melhores resultados e entregas.]

Você pode ler mais sobre OKRs neste artigo aqui.

2. Cuidar do ambiente de trabalho

Segundo a filosofia do Management 3.0, o líder é como um jardineiro. Sendo assim, ele sempre está ali analisando quais as necessidade do jardim, se está tendo muito ou pouco sol, se precisa de mais ou menos água, etc.

E o principal papel deste jardineiro ágil é fazer com que as pessoas da equipe floresçam em um ambiente agradável e fértil. Então, trazendo essa visão para a agilidade, o líder tem como um principal papel: regar e cuidar do ambiente de trabalho e do time, para que a evolução de cada pessoa aconteça naturalmente.

Mas como deixar o ambiente mais amigável?

Você pode investir em paredes coloridas, formatos de mesas diferentes, puffs para relaxar, ambientes focados em bem-estar dentro do trabalho e etc. É bacana abusar da criatividade! Mas, o ambiente de trabalho vai muito além desses adereços.

O papel de líder não deve focar apenas nisso, mas sim pensar em como pode manter o time engajado, manter bons relacionamentos e um ambiente de trabalho que consiga juntar todas essas questões e ainda ser agradável para o time se sentir confortável em dar suas opiniões, seus desabafos, suas ideias e trabalhar de forma saudável e tranquila.

3. Cuidar dos indivíduos de forma personalizada

Voltando a ideia do jardim, além de cuidar do espaço em geral, é papel da liderança cuidar especificamente de cada muda, ou seja, cada pedacinho daquele jardim precisa de uma atenção especial e isso não é diferente com os colaboradores.

Um líder realmente ágil vai precisar escutar e ajudar cada um do time a evoluir, a se desenvolver de maneira que faça sentido para o colaborador e para a empresa, sempre ouvindo, conversando, trocando informações e etc.

As principais ferramentas que podem ser utilizadas

Pensando de uma maneira lógica para conseguir dar atenção personalizada para cada membro da equipe, você pode utilizar as ferramentas: Coaching, Mentoring e Ensino. Isso quer dizer que em certos momentos você realmente vai ensinar o seu colaborador a fazer as coisas. Em outros momentos, você precisa mentorar a carreira, as atividades, atitudes e etc. Mas também existe o momento em que será necessário usar as ferramentas de coaching para destravar o potencial de cada pessoa e ajudar a revelar o caminho que pode ser seguido profissionalmente.

Para finalizar…

Parece fácil compreender na teoria quais os principais papéis e características que uma liderança ágil deve ter, mas e na prática?

Aqui na Agile School temos um treinamento que ensina muito sobre o que um líder ágil precisa saber para começar a aplicar dentro dos times e realmente disseminar uma nova cultura e mentalidade dentro da empresa, o Professional Agile Leadership Essentials (PAL-E).

Este treinamento é uma combinação de teoria e exercícios práticos para ajudar gerentes, diretores e líderes que trabalham diretamente com equipes ágeis a entender como apoiar, orientar, e treinar suas equipes para melhorar seus resultados.

Para saber mais sobre este treinamento de Liderança Ágil é só acessar aqui

menu